Escolinha redimensionado

 

 

 

 

Dentre os objetivos propostos pela Universidade do Coração, está o Núcleo para Educação Infantil que atende pelo nome de Escola da Síntese – Experimento Educacional Pedagógico Curtindo o Coração, Aprendendo a Viver.

frente

A “Escolinha”, como é carinhosamente conhecida, iniciou as suas atividades em agosto de 2011, com a missão de oferecer uma educação orientada para o desenvolvimento integral do ser humano, considerando as suas dimensões física, mental e espiritual. Oferece, atualmente, a Educação Infantil para crianças entre 1 e 6 anos de idade, ofertando três salas que correspondem ao maternal, jardim e alfabetização.

Norteada pelos princípios do Sudha Dharma, a Escola da Síntese se firma na conquista de um aprendizado que ajude a criança a compreender o mundo em que vive, levando-a a desenvolver habilidades que a tornem apta a atuar física, emocional e espiritualmente no mundo, convivendo em harmonia com seus semelhantes; ajudando-a a entender e assimilar as diferenças, para que possa construir um mundo mais acolhedor e inclusivo.

Além disso, a Escola da Síntese busca motivar as crianças a tornarem-se autônomas no pensar e agir, desenvolvendo seu senso crítico e levando-as a decidir por si mesmas quais atitudes devem tomar, nas mais diversas situações que se apresentem na vida.

O objetivo maior da Escola da Síntese é ensinar a viver, levando o educando a aceitar plenamente a presença do Sagrado que está dentro de todos os seres, pois é este encontro com a Divina Presença Interna que levará à felicidade e à realização.

A Escola toda trabalha ajustada ao ritmo das crianças que é de expansão e contração. Na expansão elas brincam e socializam, vivendo o mundo e suas relações; já na contração, são oferecidas atividades de concentração e foco que as ajudam a compreender e entender o mundo no qual estão inseridas. Tudo é ritmado. As atividades se repetem diariamente, mas cada repetição tem vivência e abordagem diferentes.

Para que se compreenda melhor como todo este aprendizado se dá, vamos reproduzir abaixo o funcionamento geral da “escolinha” em um dia normal de atividades:

A Escola da Síntese, que está localizada na Rua do Lagarto, 529 no centro de Aracaju, inicia suas atividades diariamente as 7h40, recebendo os alunos a partir das 6h30. Neste meio tempo, os alunos brincam livremente aguardando a chegada de todos.

Pontualmente as 7h40, as crianças ouvem uma canção indicativa de que as atividades do dia vão se iniciar. Assim, cada criança se dirige para sua turma, sozinha, ou com a professora.

A primeira atividade do dia se chama Conexão com o Coração: é o momento em que elas cantam mantras, fazem orações, trazem experiências da noite, do trajeto até a escola, ou de outras jornadas. É o espaço no qual estabelecem contato com o Sagrado, e também manifestam tudo aquilo que elas queiram analisar. Muitos sentimentos e emoções aparecem neste momento. Em seguida, tomam a “aguinha de Luz” (elas colocam um copo com água em frente ao coração e entoam um mantra consagrando aquela água). Todo este processo tem o significado intrínseco de purificar, curar, de trazer bem-estar para elas. É neste momento também que se traz, de forma lúdica, alguns princípios do Sudha Dharma, respeitando o nível de desenvolvimento das crianças.

ESCOLAdaSINTESE 3

Após esse momento todos se dirigem para a Roda Rítmica, que é uma ciranda onde a socialização e também questões corporais (o movimento do corpo), são trabalhados. Acreditamos e compreendemos que todas as vivências de uma criança, começam com seu corpo físico. O movimento que é estabelecido vai ajudar no desenvolvimento de seu corpo mental, emocional e espiritual. O corpo físico é trabalhado e movimentado nesta ciranda.

Após a ciranda elas se dirigem à mesa coletiva e inicia-se a Tarefa do Dia. Cada dia uma tarefa de arte diferente é proposta: massa de modelar, giz de cera, pintura de dedo. Para a turma do jardim, também aquarela. Às quintas-feiras, brinquedos educativos também são ofertados buscando desenvolver o raciocínio lógico e quantitativo. Às sextas-feiras a atividade é feita em grupo: arte coletiva com sucata, material reciclado para construção de brinquedos, ou se coloca um papelão ou cartolina no chão e elas pintam juntas, criando um desenho apenas.

ESCOLAdaSINTESE 1

Depois se segue a atividade do Brincar Livre. As crianças não são conduzidas nesta atividade, apenas intervenções, quando necessárias, serão realizadas pelo professor quando elas não conseguem resolver a pendência entre si. Somente assim a professora se aproxima. Ficam nesta atividade até as 9 horas.

Após, todos descem de suas salas (maternal, jardim e turma das letrinhas) e oferece-se então o Lanche. Antes da ingestão todo alimento é consagrado com uma oração. Após o lanche eles brincam livremente. Há dias de brincar dirigido, onde se é oferecida uma atividade ou dinâmica.

Brincar Livremente: esta é a atividade mais importante da criança. É onde ela pode se expressar, se conhecer e conhecer o outro aprendendo a respeitar seus limites e os limites do outro também.

Às 11 horas acontece o momento da higienização corporal. Logo em seguida, em suas turmas, elas participam do momento da Estorinha do Dia. E assim se encerra o período matutino. Em seguida é servido o almoço.

Antes do Almoço, é feita a prática da oração e consagração do alimento. Logo após segue-se o descanso até as 3 horas da tarde. Após o descanso os alunos do horário estendido vão para suas casas e, os do período integral, recebem um lanche e vão para uma atividade de arte ou brincar livre.

ESCOLAdaSINTESE 2

Durante todo o dia prima-se por estimular o comprometimento com a organização, a limpeza dos objetos pessoais e coletivos como também dos espaços utilizados, respeitando a capacidade de cada criança, fazendo-as evoluir nesse aspecto e levarem para casa um novo funcionamento. Um exemplo disso é que elas, ao chegarem à escola, já tomam a iniciativa de tirar suas sandálias e guardá-las no local adequado.

É desta forma que a Escola da Síntese – Experimento Educacional Pedagógico Curtindo o Coração, Aprendendo a Viver, trabalha para implantar no mundo o conhecimento e a certeza de que somente o “Servivente” é capaz de sintetizar seus conhecimentos em atitudes harmonizadas com o Divino dentro de seus corações, transformando o mundo em que vive, em um lugar de verdadeira paz, companheirismo e amor.

Atividades lúdicas no Curtindo o Coração